O que são molas e quais os principais tipos?

Home » Molas » O que são molas e quais os principais tipos?

As molas são objetos que além de possuírem a flexibilidade como uma de suas principais características, são capazes de realizar o armazenamento de energia mecânica. Seu uso pode se diversificar desde objetos mais simples como uma caneta esferográfica, por exemplo, até máquinas complexas como carros e caminhões.

Sua principal função é a de impulso e/ou resistência, ou seja, promovendo movimentação ou refreando algum impacto quando necessário. Além de flexíveis, as molas apresentam como características notáveis sua rigidez e a capacidade de se deformar devido a uma força externa, fenômeno esse conhecido como “flecha”.

Principais tipos de molas

Por possuir variados tipos de utilidades, as molas podem ser divididas em três categorias fundamentais, são elas:

Molas de compressão

É o modelo de mola mais utilizado no mercado, sendo usado em vários tipos de equipamentos e aparatos mecânicos como fechaduras, amortecedores veiculares, compressores de ar, entre outros.

São fabricadas em diversos tamanhos e por variados tipos de materiais, por exemplo:

  • Aço de carbono;

  • Fio de aço inox;

  • Arame de aço;

  • Aço temperado;

  • Ligas de cobre.

As molas de compressão possuem hastes moldadas em diversos formatos, podendo se adaptar às necessidades do cliente, e sua principal função é absorver e dissipar o impacto que receber, podendo ser utilizado em diversos campos industriais. As principais vantagens de sua utilização são:

  • Preços acessíveis no mercado;

  • Personalização conforme necessidade;

  • Grande suporte durante diferentes tipos de processos;

  • Pouca manutenção;

  • Não desgastam com facilidade;

  • Longa vida útil;

  • Usadas em quase todos setores industriais.

Molas de Torção

Esse tipo de mola é utilizado em aparelhos onde a torção predomina como impressoras, portas de garagem, eletrodomésticos, máquinas industriais, entre outros. Possui uma forma helicoidal com hastes nas pontas e suas características irão variar dependendo da montagem necessária.

São feitas de arame de aço e seus aramados com secções espirais duplas enroladas possuem os sentidos horário e anti-horário, pois assim, podem realizar seu trabalho de forma paralela. A energia aplicada na mola torce a mesma, gerando um acúmulo de torção que, como consequência, acaba por originar momentos de força que são variáveis.

A principal vantagem do uso da mola de torção é que ao ser submetida a uma carga qualquer, ela consegue enrolar ou desenrolar suas espiras ainda mais do que em seu estado inerte.

Molas de Tração

As molas de tração são bastante similares às de compressão, exceto pela sua função que é a de aplicar uma determinada quantidade de força quando estão em estado de estiramento em certo comprimento. São comumente usadas em automóveis, trampolins, aparelhos de treinamento físico, etc.

Além disso, esse modelo apresenta ganchos que se fixam a outros objetos, que, quando começam a se separar por algum motivo, as molas tentam uni-los de volta. Também realizam o armazenamento de energia, absorção de impacto e geração de força de tração.

Seus principais pontos positivos são:

  • Alta resistência a impacto;

  • Baixo custo;

  • Fácil manuseio;

  • Aplicação Simples.

Confiança e qualidade

Companhia Brasileira de Ferro e Aço (CBFA) dispõe de uma gama dos mais variados tipos de molas, sejam ferroviárias, para agricultura, mineração, entre outras. Para saber mais, clique aqui.

Últimas postagens

Categorias

Gostou do nosso post? Compartilhe em suas redes sociais!

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
WhatsApp
Telegram
Email
Print

×

Carrinho